• Daniel Costa

Cianorte ganha franquia de publicidade e propaganda em sacos de pão


Provando mais uma vez ser sucesso em seu ramo, Paper Pão expande pelo Paraná e inaugura sua segunda franquia no estado.


Renato Tarelho, franqueado Paper Pão em Cianorte/PR
Renato Tarelho, franqueado Paper Pão em Cianorte/PR

Quando o assunto é café da manhã, o que não pode faltar na mesa do brasileiro para acompanhar o café quentinho é o pão da padaria e, para levá-lo da melhor forma até sua casa, é o saco de papel que mantém os pães fresquinhos durante o trajeto. Pensando nisso, o empreendedor Daniel Costa, jornalista com passagens por diversas emissoras de Minas Gerais, viu no negócio de sacos de pão, um excelente canal de comunicação e o potencial para uma franquia de sucesso e, com isso, criou a Paper Pão.


A Paper Pão é uma rede de microfranquias especializadas na publicidade e propaganda em sacos de pão. Criada em 2018, a marca agrega publicidade a um espaço de economia criativa e colaborativa onde várias marcas, em especial, pequenas e microempresas, podem se unir para colocar em circulação propagandas geolocalizadas em um meio de alta circulação que entra na casa das pessoas.


“É uma excelente estratégia para promover o marketing de vizinhança”, aponta Daniel.

A ideia surgiu, segundo Daniel, visando possibilitar que pequenas e microempresas competissem com “tubarões” do mercado utilizando a economia criativa e o modelo “ganha-ganha”, em que toda a cadeia produtiva é beneficiada pela existência do serviço. Além de ser uma prática promissora de se fazer publicidade de alto alcance gerando comunicação entre a empresa e os clientes, sem precisar de um alto investimento financeiro.


De olho nessa estratégia, o eletricista industrial, Renato Tarelho, de 31 anos, empreendedor de primeira passagem, adquiriu uma unidade da Paper Pão no município de Cianorte (PR). Renato nunca imaginou ter seu próprio negócio, até começar a procurar sobre franquias para um amigo e se deparar com uma matéria na PEGN — Pequenas Empresas & Grandes Negócios, falando sobre a Paper Pão. A ideia que já estava aflorando na mente de Tarelho, tornou-se palpável de vez, assim que contatou a marca.

— Não tenho dúvidas que Cianorte é uma cidade maravilhosa e repleta de esperança, conheço muitas pessoas que acreditam, assim como eu, no sucesso e bem-estar da nossa cidade. A Paper Pão chegou para acelerar esse processo no desenvolvimento do empreendedor local — conta Renato

Com foco em produção do bem-estar para o consumidor final e do meio ambiente, as embalagens da Paper Pão podem aguentar até 5 kg, são coloridas com tintas e papel atóxicos, e totalmente biodegradáveis, além de contar com a aprovação da Anvisa. Outra qualidade da marca é sua operação funcionar de forma bem simples: o franqueado lucra com a venda dos espaços publicitários, chamados módulos, sendo do tamanho aproximado a de um cartão de visitas. Cada saquinho pode conter até 36 espaços publicitários diferentes.


Os anúncios são veiculados por edição, também chamada tiragem, contendo a partir de 10 mil exemplares cada. As padarias são parceiras no negócio por isso, não pagam nada para ter os sacos de papel.

— O suporte já me agradou desde o primeiro contato. Após adquirir a franquia, a equipe realizou a captação de dados para preparar todo o material necessário para colocar a mão na massa, agendamos todos os treinamentos para me capacitar e realizar uma abordagem eficaz. Estou muito satisfeito — conclui Tarelho

Para mais informações sobre a Paper Pão de Cianorte, acesse: https://www.instagram.com/paperpaocianorte/

34 visualizações0 comentário